AREA PRIVADA

Notícias

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

THOMAS BACH, PRESIDENTE DO COI, ABE SHINZO, PRIMEIRO MINISTRO DO JAPÃO, JUNTAM-SE EM TELE CONFERÊNCIA PARA DISCUTIR O CENÁRIO DO JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO 2020 FACE AO COVID-1

Destaque THOMAS BACH, PRESIDENTE DO COI, ABE SHINZO, PRIMEIRO MINISTRO DO JAPÃO, JUNTAM-SE EM TELE CONFERÊNCIA PARA DISCUTIR O CENÁRIO DO JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO 2020 FACE AO COVID-1
Classifique este item
(0 votos)
Na manhã desta terça feira, 24 de Março, Thomas Bach, Presidente Do Comitê Olímpico Internacional (COI) e Abe Shinzo, Primeiro Ministro Do Japão juntaram-se a Mori Yoshiro, presidente do Comitê Organizador de Tóquio 2020, Hashimoto Seiko, ministro olímpico, Koike Yuriko , governador de Tóquio, John Coates , presidente da Comissão de Coordenação do COI, Christophe De Kepper, Diretor Geral do COI e Christophe Dubi, diretor executivo dos Jogos Olímpicos, numa tele conferência com objectivo de discutir as mudanças constantes provocadas pelo Covid-19.
 
Preocupados com a pandemia mundial (Covid-19) e reflectindo no impacto que tem causado aos preparativos dos atletas para os jogos, Bash e Abe, numa reunião amigável elogiaram o trabalho do Comité Organizador de Tóquio 2020 e pontuaram o progresso feito para aniquilar o COVID-19.
 
A propagação sem precedentes e imprevisível do surto viu a situação no resto do mundo deteriorar-se. Ontem, o director-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que a pandemia do COVID-19 está "acelerando". Actualmente, existem mais de 375.000 casos registados em todo o mundo e em quase todos os países o número aumenta a cada hora.
 
Face a esta situação, e com base nas informações fornecidas hoje pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Presidente do COI e o Primeiro-ministro do Japão, concluíram que os Jogos da XXXII Olimpíada de Tóquio, devem ser remarcados para uma data posterior a 2020, o mais tardar no verão de 2021, para proteger a saúde dos atletas envolvidos nos Jogos Olímpicos e na comunidade internacional.
 
O Presidente do COI e o Primeiro-ministro Japonês, concordaram que os Jogos Olímpicos de Tóquio conseguiriam ser um farol de esperança para o mundo durante esses tempos conturbados e que a chama olímpica poderia tornar-se a luz no fim do túnel em que o mundo encontra-se actualmente. Portanto, foi acordado que a chama olímpica permanecerá no Japão e os Jogos manterão o nome de Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020. Fonte: www.olympic.org

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

ENTRAR or CRIAR UMA CONTA